Facebook
Twitter
Youtube
Flickr

Notícias

Paratletas de Itajaí conquistam título, recorde brasileiro e índice para o mundial de atletismo

Data de inclusão: 01/10/2019 18:38

O time Itajaí Paralímpico, representado por oito paratletas do município, conquistou sete medalhas no Campeonato Brasileiro de Atletismo Paralímpico. O Campeonato Brasileiro foi realizado no fim de semana, no Centro Paralímpico Brasileiro (CPB), em São Paulo. Além de representar a Fundação Municipal de Esporte e Lazer (FMEL), os atletas defendem o Clube Roda Solta e a Associação de Deficientes Visuais de Itajaí e Região (ADVIR).

Ao todo, os atletas conquistaram quatro medalhas de ouro, uma de prata e duas de bronze. Além de um recorde brasileiro e um índice para o Campeonato Mundial de Atletismo Paralímpico, que será realizado no próximo mês, em Dubai.

No salto em altura, Paulo Guerra conquistou ouro e bateu um novo recorde brasileiro para a classe T47, ao ultrapassar a marca de 1,94 cm - assumindo a quarta melhor marca do mundo na temporada.

Flávio Reitz, que está entre os três melhores do mundo, também conquistou medalha de ouro ao saltar a marca de 1,75 cm. Ele fecha a temporada como bicampeão Brasileiro na classe T42.

Marcelo Pocidonea igualou sua melhor marca ao saltar 1,24cm terminando na quarta colocação.

No lançamento de disco, Matheus Rubens da Rosa, enfrentou dois campeões mundiais, André Rocha e Humberto Rodrigues que dominaram a prova, mas o itajaiense ficou com o bronze. Além disso, Matheus conquistou ouro ao vencer a prova de lançamento de dardo e arremesso de peso.

No lançamento de dardo F12, José Roberto Alves, terminou na quarta posição ao lançar a marca de 28,56 cm. Na temporada, José já ultrapassou a marca de 31m.

O atleta Marcio Dalçóquio, nos 5.000 metros T11, ficou com a medalha de bronze. Apesar do vento forte e a chuva durante a prova, Marcio e seu guia, Henrique Pessati, terminaram a prova com o tempo de 17min18seg36mil.

Vaga pro mundial
O destaque do final de semana foi a prova dos 100 metros T12: o atleta Fabrício Júnior carimbou sua ida ao Campeonato Mundial. Fabrício fez o índice A, ao correr nas semifinais os 100 metros em 10seg77mil. Com esta marca, o atleta de Itajaí conquistou a vaga para o mundial. Na final, Fabrício quase alcançou o índice A para Tóquio, com a marca de 10seg61mil. Mas a prova não foi validada, pois o vento estava acima do permitido pela regra. Fabrício foi medalha de prata na “interclasses” quando todos correm juntos.

Agora a equipe de Atletismo Paralímpico de Itajaí se prepara para o Parajasc, que acontece em Caçador, de 14 a 19 de outubro. No ano passado, a equipe teve bom desempenho e o técnico Sidney Reinhold quer repetir a boa apresentação de 2018, quando a equipe conquistou dois troféus. Um de terceiro lugar no segmento visual e um de campeão no segmento físico.

O técnico Sidney Reinhold destaca a importância do apoio do poder público, por meio da Fundação Municipal de Esportes e Lazer, através do programa Bolsa Esportiva.

____________________________
Informações adicionais:
FMEL
(47) 3348-1473

Imagens relacionadas

Paratletas de Itajaí conquistam título, recorde brasileiro e índice para o mundial de atletismo
Paratletas de Itajaí conquistam título, recorde brasileiro e índice para o mundial de atletismo
Paratletas de Itajaí conquistam título, recorde brasileiro e índice para o mundial de atletismo
Paratletas de Itajaí conquistam título, recorde brasileiro e índice para o mundial de atletismo
Facebook
Twitter
Youtube
Flickr
Todos os direitos reservados © 2019- Município de Itajaí